Para estar na presença de Deus é preciso ser santo

image

Sabemos que Deus é santo. É isso que Apocalipse 4.8 diz: “Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus, o todo Poderoso.” Sendo Ele um Deus santo, não se conforma a um padrão de santidade, ELE É O PADRÃO. Não quero dizer com isso que nós seremos santos na exata medida em que Ele é, isso seria impossível, mas para que possamos um dia estar na presença dEle é preciso que sejamos santos, essa é a consequência do novo nascimento. Hebreus 12:14 nos diz que sem santidade ninguém verá a Deus. I Pedro 1.16 nos diz: “Sede santos, porque eu sou santo” e Mateus 5:48 diz “Sede, pois, perfeitos, como perfeito é o vosso Pai celestial.”

O problema disso tudo está no fato de que nós somos pecadores e estamos fatalmente manchados por nossos pecados, assim não existe qualquer esperança de obter por nossas próprias forças a santidade que Deus requer. Então, o que fazer?

Deus mesmo providenciou uma solução para este “pequeno” problema quando enviou a Seu Filho, Jesus Cristo. Em 2 Coríntios 5:21, Paulo nos explica que: “Daquele que não tinha pecado Deus fez um sacrifício pelo pecado em nosso favor, para que nEle fossemos feitos justiça de Deus”; e em Romanos 5:1-2 o apóstolo conclui que: “Portanto, justificados pela fé, temos paz com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo, por intermédio de quem obtivemos também acesso pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e nos gloriamos na esperança da glória de Deus.”

A vida de um cristão deve afirmar a santidade Deus. Ser santo significa ser separado. Separado das coisas desse mundo para servir a Deus. Devemos ter uma vida de confissão, arrependimento e desvio do pecado para que nossa adoração seja plenamente agradável a Deus. E foi para isso que Cristo veio, para nos possibilitar a vitória sobre o pecado.

Será que temos vivido o padrão de santidade que Deus nos exige? Muitas vezes acabamos por manipular a Palavra de Deus em nosso benefício. A Bíblia não nos dá qualquer margem para viver uma vida de pecado, muito pelo contrário, aqueles que amam a Deus verdadeiramente fogem do pecado e lutam contra as tentações.

Qual tem sido sua escolha: Uma vida de santidade e que agrada a Deus, ou uma vida de pecado? Se você mal abriu sua bíblia ou orou essa semana, então é meu dever advertir-lhe que você escolheu o pecado. A única maneira de vencer nossas fraquezas é exercitando a leitura bíblica e a oração. Nossa carne nunca desiste de tentar nos dominar e somente por meio da comunhão com o Pai encontramos as forças necessárias para vencê-la.

Como você é na sua escola, no seu trabalho? Seus amigos sabem que você é cristão? Você os influencia ou é influenciado por eles? Nós devemos evitar os locais em que o nome de Deus não vai ser glorificado. Porque você gosta da companhia de seus amigos? Será que eles são mais importantes do que Deus na sua vida? Romanos 8:5 diz que os que se inclinam para a carne cogitam as coisas da carne, mas os que se inclinam para o Espírito cogitam as coisas do Espírito. Qual tem sido a sua inclinação? A busca pelo conhecimento de Deus e das coisas espirituais ou você só quer saber de estar na rodinha de amigos falando coisas que desagradam a Deus? Ou talvez você não esteja no meio de amigos não cristãos, quem sabe apenas se entretendo. Netflix? Youtube? Facebook? Nem vou entrar aqui na devassidão de pecados que podem ser cometidos apenas por se estar com um celular na mão… Você sabe, aqueles sites “proibidos”.

Uma vida de santidade exige que matemos nossas vontades a cada dia. Que corramos em busca disso. Que Cristo seja nosso maior tesouro, afinal, sem santidade ninguém verá a Deus. Isso significa que se você não tem qualquer inclinação para as coisas espirituais, você ainda não se converteu e, portanto, se permanecer assim, não herdará o reino dos céus.

Que Deus esteja abrindo nossos olhos, de maneira que venhamos a fazer cada vez mais firme nossa vocação e eleição (2 Pe. 1:10), sabendo que a coroa que nos aguarda é incorruptível.

Por: Rosbene Oliveira

Comentário (1)

  1. Max Moreira diz

    Muito bom e edificante

Publicar um comentário

Reserve o seu bilhetes